quinta-feira, 23 de março de 2017

A peregrinação

Dentro de alguns dias, este autor fará uma viagem para as terras ermas do nordeste. Ficará ele em peregrinação por um período aproximado de um mês, onde ele buscará se afastar do mundo virtual, alcançar alguma paz de espírito e uma mente operante. Pois não sabeis vós, leitores, o quão custoso está sendo para este autor escrever este mero comunicado, e mais ainda continuar altivo e vivo durante esta caminhada.

Entretanto, para não deixar os próximos dias totalmente livres de qualquer conteúdo, este autor gastou seus últimos neurônios para montar e programar sunday songs, que irão ao ar todo domingo (AH JURA?!) e quinta-feira, pra fazer os dois gatos pingados que ainda leem este blog se sentirem contemplados.

Até a vista. Ou não.

domingo, 19 de março de 2017

Retrô 2016: Glorious

A retrô de 2011 teve seu último artigo publicado em 29 de abril do ano seguinte, então se alguém está insatisfeito com a demora na entrega dessa retrô aqui, pense: poderia ser pior! Então vamos para a quarta parte do salmo mais importante do blog atualmente, e que ninguém lê! Só o Kelvin. E o Dhanylo, mas esse lê tudo mesmo.

Desta vez, será compilada uma série de bandas melódicas e que tem a glória em seu íntimo, a força de vontade, o brio, a fúria interior por lutar com o punho em riste e bradar aos quatro ventos. E esta edição é importantíssima, pois o ano de 2016 foi ótimo para o Rock e Metal, mas bem fraco para bandas melódicas, especialmente para as de Power Metal. Parece que os lançamentos do Rhapsody of Fire e Avantasia roubaram toda a mana das outras bandas do gênero! A situação foi tão séria que vários sites elegeram como "melhores lançamentos de Power Metal" bandas de Heavy Metal como Helstar e Primal Fear! Então pra quem quiser conhecer o que realmente houve de bom nesse subgênero melódico do Metal, esta edição é um prato cheio.

E nesta edição, não vai ter listinha com bandas excluídas da retrô. Em vez disso, este vai indicar bandas parecidas (e inferiores) com as que forem resenhadas ao longo do caminho!

Ah, mas vai fazer um glossário que nem na primeira edição, porque este autor formulou seu próprio método de rotulamento de metais poderosos:
  • Power Metal Sinfônico: vai rotular bandas de Power Metal que tenham elementos sinfônicos. Não necessariamente bandas que passem a mesma profundidade, lirismo e melancolia do Metal Sinfônico.
  • Metal Sinfônico Empoderado: vai rotular bandas de Metal Sinfônico que são lacradoras, que curtem memes da Gretchen e que falam "sai hétero" tem influências de Power Metal. Um exemplo de Power Metal Empoderado é o Amberian Dawn.
  • Epic Power Metal: vai rotular bandas de Power Metal que tem melodias e produções cinematográficas, épicas e bombásticas.
Só este autor vai usar esses termos, mas dane-se. Vamos lá:

domingo, 12 de março de 2017

Sunday songs [12]: Elas

Nessa última quarta-feira aconteceu o Dia Internacional da Mulher, e em homenagem a isso, este autor montou uma playlist só com bandas com mulheres, que não são conhecidas e comentadas nem pelos próprios rockeiros! Tanto porque elas são novas, quanto porque os rockeiros tem preconceito com bandas femininas, porque sempre acham que elas são só de Metal Sinfônico ou Death Metal Melódico. Mas esta playlist desbanca esse preconceito mostrando Rock e Metal tradicionalíssimo. Confere aí:

A primeira música é de uma banda que este autor já resenhou aqui.


quarta-feira, 8 de março de 2017

Dia Internacional da Mulher

Feliz dia internacional pras mulheres do Rock e Metal!

Feliz dia pras mulheres talentosas que não são julgadas pela beleza antes de qualquer coisa...

Feliz dia pras mulheres que podem fazer o que quiser com seu corpo sem precisar da autorização ou aceitação masculina...

Feliz dia pras mulheres que não tem seu talento e habilidades totalmente ofuscados pela sua beleza (ou pela falta dela)...

Feliz dia pras mulheres que não são objetificadas...

E feliz dia pras mulheres que podem fugir dos padrões de gênero pré-estabelecidos pela sociedade e serem diferentes!

Feliz dia Internacional pra Mulher...
... que ignora, repudia, e se volta contra todo estigma, preconceito, julgamento e padrão de comportamento de gênero!
Esta mulher sim, é digna de comemorar essa data!