sábado, 12 de dezembro de 2015

Indicação: Amy Winehouse - Clube dos 27

Para todos os fãs de quadrinhos, fãs de arte e fãs de Amy Winehouse que acham que ela deve ser incluída nos banquetes de Valhalla, a HQ francesa "Amy Winehouse - Clube dos 27" é uma ótima pedida.

O livro (HQ, gibi, "graphic novel", seja lá como você queira chamar) retrata em recortes a vida de Amy Winehouse, desde sua infância ouvindo Frank Sinatra até sua turbulenta carreira artística, passando pelos conflitos internos, conflitos com os pais, com a fama, com o namorado Blake, com tudo que atrapalhou e destruiu a vida da cantora e, pro bem dos insensíveis espectadores, deixou-a mais rica. A narrativa é rápida e fluída, não tendo nenhum tipo de sensacionalismo ou eufemismo, apenas a verdade. Focada mais na sua vida pessoal do que artística, a história permite o leitor conhecer o lado que os paparazzi e jornalões nunca registraram: o seu lado humano. Impulsivo, passional e muito intenso.

A melhor parte é que essa HQ é apenas a primeira edição da série O Clube dos 27, que pretende reunir os artistas de Rock e Blues que morreram aos 27 anos em histórias semi-biográficas. E este autor bota ênfase nesse "pretende", porque até agora, essa HQ de Amy é a única dessa "série"...

(não precisa dizer pra clicar na imagem e ampliá-la)

Nenhum crítico tipicamente chato detestou a obra, e não houve registros de um leitor que não gostou. Por isso a obra é altamente recomendada.

Autores: Cristophe Goffette e Patrick Eudeline
Editora: Conrad
Número de páginas: 48
Formato: 30 x 23 cm


0 orações:

Postar um comentário