sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Covers diferentes das suas versões originais 3

Hail! Eu e este autor que vos fala estamos de volta pra continuar essa série de versões, regravações e covers que se diferenciam das suas canções originais. E sem muita enrolação, vamos ver 10 covers de variados estilos do Rock e Metal.

Marilyn Manson - Sweet Dreams (The Eurythmics)
E começamos com um cover que justifica o fato dessa série de artigos não se chamar "covers que ficaram melhores que os originais", porque esse cover do Marilyn Manson é MUITO RUIM!!!! Que foi? Se você gosta, problema seu. Bom, apesar deste autor odiar essa versão, não dava pra deixá-la de fora, já que é uma das músicas do Marilyn mais famosas da sua carreira, e um dos covers mais famosos da... do... da Música. Este autor ia dizer da MTV.

Johnny Cash - Hurt (Nine Inch Nails)
Agora pra melhorar o nível do artigo, temos esta canção do Nine Inch Nails que fala sobre vício em heroína e auto-mutilação, mas que na versão do lendário Johnny Cash, se transformou praticamente numa carta de suicídio - especialmente porque este foi o último sucesso do artista antes de falecer. De diabetes, não de suicídio.

Axel Rudi Pell - In The Air Tonight (Phil Collins)
O tanto de versão e remix que essa canção do Phil Collins tem é impressionante - o que é compreensível, já que a música é tão pobre simplória simples que pode ser transformada em vários estilos, ter várias batidas, ser tocada por vários instrumentos, e pode até ter uma versão Metal.

Rage Against The Machine - Renegades of Funk (Afrika Bambaataa & Soulsonic Force)
Agora vamos para uma versão que é totalmente diferente da original, que só mantém a letra. Obviamente o RATM "coverizou" essa música por conta da sua mensagem politizada.

Red Hot Chili Peppers - Higher Ground (Stevie Wonder)
Você tá doido pra ouvir uma piadinha tipo "Stevie Wonder nem viu esse cover", mas este autor não irá se rebaixar a esse tipo de piada tão infame e besta. Existem outros lugares pra fazer isso. "Higher Ground" é uma das canções que representam a proposta do Red Hot de tocar o chamado "Funk Metal", que é um gênero inventado por críticos metidos a sabichões sem nada melhor pra fazer. A banda é rotulada de "Funk Metal" só porque o Flea toca baixo bem pra caramba, e por alguma razão, isso tem relação com o Funk. Não vamos tentar entender a cabeça dos "especialistas".

Huaska - Chega de Saudade (Tom Jobim e Vinicius de Morais)
Qualquer um pode imaginar com facilidade uma banda de Rock qualquer fazendo uma releitura pesada dessa música de Tom e Vinícius. Também poderíamos imaginar o Sambô estragando interpretando essa música. Mas nunca passaria pela nossa cabeça uma banda de Bossa Metal fazendo uma versão dessa canção da Bossa Nova. Sim, você leu certo. É assim que a banda de Rock Alternativo Huaska se chama, de Bossa Metal. Ah, ignorem esse clipe da banda, ele é muito tosco.

Steve Vai - John The Revelator (Blind Willie Johnson)
"John The Revelator" é uma música tradicional da música Blues / Gospel americana - e quandoe ste autor diz "tradicional", quer dizer "de autor desconhecido". O primeiro a fazer uma gravação dessa música foi Blind Willie Jhonson, e a partir dele, os artistas Son House, Curtis Stigers, Sister Rosetta Tharpe, entre vários outros. E um deles é Steve Vai, que não fez só uma versão da música, mas duas! Ambas estão aí no vídeo.

In Flames - World of Promises (Treat)
Este autor não sabe o que faz uma banda de Death Metal Melódico fazer cover de uma banda de Hard Rock melódico dos anos 80. Talvez a melodia tenha unidos os dois.

Shaman - More (Sisters of Mercy)
Olha aí, mais uma vez o Andre Matos fazendo cover dos clássicos, dessa vez no Shaman. E este autor nem sabe o que falar sobre a versão e o original, então... só ouçam.

Blind Guardian - To France (Mike Oldfield)
E para terminar o artigo, uma música singela, sublime e sacarídea, que já foi interpretada por vários artistas e transformada em Pop, Dance, Techno e até Power Metal (como é o caso do Blind Guardian) e Metal Sinfônico, É muita gente querendo chegar à França...

E isso é tudo pessoal! E este autor queria agradecer à leitora Isabela Santos que mandou a sugestão do cover do Shaman, e aproveitar pra dizer que sem a contribuição dos leitores, esse vai ser o último artigo dessa série, porque este autor não tem mais ideia do que colocar! Então, adeusmetal. E caso não nos vejamos mais, boa tarde e boa noite.

0 orações:

Postar um comentário